Estudos e Pesquisas

Os estudos também revelaram que os veterinários estavam inclinados a
responder mais rápido, de modo simplificado e intuitivo, em vez de do que
processos formais de tomada de decisão em resposta a restrições de tempo,
percepções sobre o desejo dos clientes para uma tomada de decisão rápida e
clara, e preocupações sobre o custo e a eficiência de procedimentos, do que
diagnósticos extensivos e sistemáticos. Isso era especialmente verdadeiro na
clínica geral e menos nos consultórios especializados e de referência, onde os
médicos usaram uma abordagem de raciocínio mais formal.
Veterinarias em vargem grande melhores
Os estudos também constataram que os veterinários possuem uma alta
consideração nas opiniões de colegas de confiança e especialistas e fizeram uso
frequentes destes recursos para orientar sua tomada de decisão. No entanto,
esses médicos não parecem achar atraentes ou úteis pesquisas científicas
publicadas ou técnicas formais. Comumente, veterinários queixaram-se de que
não havia tempo para fazer uso desses recursos e procedimentos ou que eram
impraticáveis e de difícil acesso.
Esses estudos limitados sugerem que o sistema 1 predomina na tomada de
decisão em clínica veterinária, particularmente na prática de primeira opinião. As
restrições de tempo e dinheiro, o profundo envolvimento do cliente na definição
dos sintomas, e os limites da consulta clínica favorecem uma abordagem do
sistema 1. Veterinários em ambos os estudos reconheceram isso como um
desvio da tomada de decisão formal, modelo que geralmente é ensinado e usado
na academia e na prática da especialidade.

Leave a Reply

Your email address will not be published.